O Flamengo chama a atenção pelo seu poderio ofensivo, e entre os atacantes, atualmente, os titulares são Bruno Henrique e Gabigol, deixando o artilheiro Pedro no banco de reservas. Em entrevista ao ‘GE’, o vice-presidente do Rubro-Negro, Marcos Braz, falou sobre o ex-atacante da Fiorentina e a condição de reserva diante de Gabriel Barbosa.

PUBLICIDADE

“Eu tenho uma relação excelente com o Pedro. No primeiro ano, ele sabia que vinha contribuir, que vinha dar musculatura para um clube que tinha acabado de ser campeão da Libertadores. Quando você tem um time multicampeão é porque esse time, teoricamente, é acima da média, e você vem para disputar posições”, disse Braz, antes de completar:

PUBLICIDADE

“Quando o Pedro chegou aqui, ele já era sabedor disso. Ele sabia das barreiras e dos pontos que teria que superar. Ele é fenomenal, muito tranquilo, super correto e muito trabalhador. Os treinos são muito intensos. Eu acho que o Pedro trata isso com naturalidade. E o próprio Rogério Ceni, sabe que tem que ter cuidado em situações como essa”, encerrou.

PUBLICIDADE