Com um golaço no ângulo do goleiro Hoyos do Vélez Sarsfield (ARG) no primeiro jogo da Libertadores da América, Arrascaeta acabou com a de polêmica que surgiu com seu nome nos dias que precederam a estreia do Flamengo no torneio continental.

PUBLICIDADE

Após a derrota para o Vasco por 3 x 1, o atleta teve viveu dias conturbados no rubro-negro, pois, está em negociação com o Flamengo por sua renovação de contrato, e possível aumento salarial, o que fez com que a cúpula rubro-negra e os agentes do jogador ficassem em um fogo cruzado.

PUBLICIDADE

Dentro do clube, é unânime o desejo de que o jogador permaneça, mas devido à pandemia e ao momento econômico do Brasil e do mundo, os dirigentes do mais querido e os agentes estão em negociações e o assunto ainda deve ter alguns capítulos durante a temporada.

PUBLICIDADE

Em alta no Rubro-Negro, o atleta vive sua melhor arrancada desde que chegou ao clube. Com quatro gols em quatro jogos, ele saboreia a fase artilheira que inclui bolas na rede pela Libertadores e também contra o Palmeiras, pela final da Supercopa. De 2019 para cá, o astro nunca tinha atingido esses números com tamanha rapidez, já que demorou 15 jogos em 2019 para marcar quatro vezes, e outros 18 no ano passado.

Com ótimas atuações nos últimos jogos, o jogador tem melhorado ainda mais em todos os seus fundamento, está cada vez mais preciso nos passes, e em uma momento goleador. Na primeira partida da Libertadores, conduziu o time rumo à virada, que foi uma vitória importante já na largada do torneio.

“Não muda nada do que pensamos sobre o Arrascaeta. Fez mais um jogo acima da média como sempre fez. Não há nenhuma surpresa. Tenho certeza que na hora certa vamos chegar a um denominador comum. É bom deixar claro que é um jogador com dois anos e oito meses de contrato, o Flamengo paga nos dias corretos, o que não significa que não vamos olhar e analisar o reajuste ou qualquer coisa esperada por ele”, disse Marcos Braz.

“A situação de Arrascaeta não me preocupa. Conheço o caráter do jogador. É ídolo e nunca demonstrou algum problema. Ele teve uma lesão, foi desfalque e se recuperou bem. Vejo que é feliz aqui, é considerado pelo torcedor e pela diretoria”, concluiu Rogério Ceni.

Após a vitória na Argentina, Arrascaeta ainda não está confirmado para a final da Taça Guanabara, que ocorre no próximo sábado (24) às 19h no Maracanã. Apesar do jogo valer a Taça Guanabara, a Libertadores é prioridade número 1. Na próxima terça-feira (27), o Flamengo joga contra o Unión La Calera, em partida que pode deixar o rubro-negro ótima situação no Grupo G.