O Flamengo superou não só a LDU, por 3 a 2, na partida desta terça-feira (04), mas também os quase 3 mil metros de altitude de Quito. Além disso, Gabi chegou à marca de 16 gols marcados na Libertadores pelo Fla, se igualando à Zico. Porém, não foram apenas boas notícias para o torcedor rubro-negro. Diego Alves e Renê sentiram problemas musculares e preocupam para a reta final do Carioca.

PUBLICIDADE

De acordo com comunicado da assessoria de imprensa, o goleiro sentiu um desconforto muscular na coxa direita e foi substituído no intervalo por prevenção. Ele será acompanhado nos próximos dias para saber se houve uma lesão no local.

PUBLICIDADE

– Com relação ao Diego, nós conversamos no vestiário. Ele estava na dúvida (Se voltaria). Eu não posso dizer que é uma lesão, pode ser uma fibrose ou algo assim. Vamos analisar melhor no Rio de Janeiro – disse Rogério Ceni na coletiva.

PUBLICIDADE

O caso de Renê, por sua vez, parece ter sido mais sério. O lateral-esquerdo entrou no segundo tempo e sentiu dores na posterior da coxa direita em lance no fim da partida.

Vale lembrar que o Flamengo volta a jogar no próximo sábado (08), no Maracanã, pela segunda partida das semifinais do Campeonato Carioca contra o Volta Redonda no Maracanã. A primeira partida foi vencida pelo rubro-negro por 3 a 0, gols de Pedro.