Em entrevista coletiva nesta terça-feira (16), o dirigente do Flamengo, Marcos Braz, respondeu as reclamações do presidente do Corinthians com relação ao gol de Gabigol marcado na vitória sobre os paulistas na última rodada. Na ocasião, o mandatário do Timão ameaçou protestar na CBF e ainda pediu áudios e imagens do VAR para verificar a linha traçada no lance.

PUBLICIDADE
Marcos braz-flamengo

Marcos braz-flamengo

PUBLICIDADE

Marcos Braz classificou como “nada de mais” ás reclamações por parte do presidente do Corinthians. No entanto, o dirigente rubro-negro alertou que não se pode ir contra a tecnologia, citando a situação envolvendo o Internacional, ocorrido no jogo contra o Vasco da Gama.

PUBLICIDADE

O que o presidente do Corinthians fez não foi nada demais. Ele colocou uma opinião dele, temos que respeitar. Porém, tem um fato que é diferente, acho que não podemos ir contra a tecnologia. Diferente do que aconteceu em outro estádio, ali estava valendo o sistema de monitoramento. É menos questionável, mas ele tem todo o direito de falar. É muito diferente do presidente do Internacional, que quer colocar pressão em jogo futuro. Piada isso“.

Com o gol validado, o Flamengo venceu o Corinthians pelo placar de 2 a 1, e se manteve na cola do Internacional com apenas um ponto de diferença. Com isso, o próximo duelo deve ser decisivo para o desfecho do Campeonato Brasileiro. Isso porque rubro-negros e Colorados se enfrentam em um dos duelos mais aguardados do torneio até aqui.

A ‘final antecipada’ está marcada para o próximo domingo (21), ás 16h00 (horário de Brasília), no estádio do Maracanã, pela penúltima rodada do Brasileirão.

LEIA MAIS SOBRE FLAMENGO

Inter resolve pagar multa e Abel contará com Rodinei contra o Flamengo

Sormani aponta favoritismo do Fla diante do Inter: “Flamengo é muito melhor”

Decisivo na reta final, Jornalista rasga elogios a Gabigol: “Não dá para comparar”

Ceni e Abel possuem números semelhantes no Brasileirão; Confira