O Flamengo venceu a LDU, na altitude de Quito, por 3 a 2, sendo dois gols do atacante Gabigol, que empatou com Zico em número de gols na Libertadores (16) e outro de Bruno Henrique. Com a vitória, o time chegou aos 9 pontos e lidera com folga o Grupo G da Libertadores da América, com a mesma LDU em segundo lugar com 4 pontos.

PUBLICIDADE

“Especial para mim, histórico, mas divido isso com minha família, com todo staff, jogadores, torcida. Sem eles, eu não conseguiria chegar nesse número. Creio eu que meus companheiros têm a maior porcentagem nisso, mas estou muito feliz em marcar os gols, de bater esse recorde com vitória. Para mim é um dia especial e histórico. Hoje igualei o Zico, mas quero passar ele e aumentar a vantagem”, disse Gabigol após o duelo.

PUBLICIDADE

O artilheiro celebrou o resultado e ainda colocou o Flamengo como o melhor time do continente.

PUBLICIDADE

“Feliz pela vitória, o Fla não vencia aqui havia anos, começou com intensidade forte, depois a altitude acabou prejudicando a gente, mas a gente conseguiu segurar, criar chances de gols. A gente tem mais jogos pela frente, e a gente sempre que entra em campo quer vencer. Claro que é muito complicado. Agora, vamos no Chile, mas creio eu que o problema é mais deles de enfrentar o Flamengo”, apontou.

“Às vezes, a gente diminui as coisas que acontecem durante o ano. Esse time é espetacular, é o melhor time da América, mas a gente tem que merecer cada vitória. Vencer três partidas consecutivas, vencer na Argentina, agora mais esse recorde de nunca ter vencido aqui é espetacular. A gente está muito feliz, o staff está contente e espero que a torcida curta essa geração, porque somos muito fominhas e vamos querer sempre mais”, completou.