Coluna do Fla: As contratações do Flamengo, certamente, estão repletas de altos e baixos. Isso porque, se em 2019 o Mais Querido acertou praticamente tudo, o 2020 foi bastante diferente. Com chegadas que não renderam nem perto do esperado, o Mengo acabou pagando caro pelo baixo nível, mas, mesmo assim, conseguiu ser campeão brasileiro. No entanto, peças como Michael e Léo Pereira nunca caíram nas graças da torcida e valores dos vínculos assustam a Nação.

PUBLICIDADE

Vale destacar que, os valores dos vínculos de Michael e Léo Pereira ultrapassam os 70 milhões de reais. Além disso, as cifras de comissão são muito altas para os padrões do futebol brasileiro, ainda mais para dois contratos que não preveem a compra de 100% dos direitos econômicos. A informação foi divulgada pelo jornalista Venê Casagrande, em seu canal no YouTube.

PUBLICIDADE

CONFIRA VALORES DAS NEGOCIAÇÕES DE MICHAEL E LÉO PEREIRA NO FLAMENGO:

PUBLICIDADE

Michael:
R$ 33,9 milhões para o Goiás
R$ 4,5 milhões em comissão
80% dos direitos econômicos
R$ 38,4 milhões no total

Léo Pereira:
R$ 30,4 milhões para o Athletico-PR
R$ 3,8 milhões em comissão
75% dos direitos econômicos
R$ 34,2 milhões no total

Assim, fica claro que os valores, até o momento, não fizeram jus ao futebol apresentado pelos atletas. Curiosamente, a dupla foi pedido de Jorge Jesus que, na época, ainda estava à frente do Mais Querido. No entanto, com a saída do português, ambos perderam espaço para as mais variadas opções, seja para Garotos do Ninho ou para atletas mais experientes. No caso do defensor, ele foi preterido até por atleta improvisado na posição, como é o caso de Arão.

Além disso, vale lembrar que ambos receberam propostas do exterior na última janela de transferência. Isso porque, ainda na temporada passada, Michael teve contrato tentador do Al Ain, dos Emirados Árabes, e ficou perto de deixar o Fla. Léo Pereira, no entanto, recebeu sondagens do Besiktas, da Turquia, e também ficou muito próximo de assinar com o clube. Contudo, as tratativas da dupla tiveram algo em comum: não resultaram no final esperado pela Nação.