O Flamengo poupou jogadores para a partida com o América-MG, ontem (26), pelo Brasileirão, e ficou no empate em 1 a 1, perdendo a oportunidade de se aproximar do líder Atlético-MG em uma semana na qual o clube rubro-negro vai ao Equador encara o Barcelona de Guayaquil para tentar assegurar a classificação para a decisão da Libertadores depois da vitória por 2 a 0 no Maracanã.

No podcast Posse de Bola #164, Mauro Cezar Pereira afirma que Renato Gaúcho acerta ao priorizar a semifinal da Libertadores e não considera que o Flamengo tenha menosprezado o Campeonato Brasileiro com a decisão tomada pelo treinador, lembrando que esta pode ser apenas a terceira vez que o clube rubro-negro alcança uma final da principal competição do continente.

Eu não acho que o Flamengo desprezou o Brasileiro, eu acho que o Flamengo priorizou a Libertadores e acho que nisso o Renato está certo. Nesta semana, especificamente, está certo. Na semana passada, contra o Grêmio, ele colocou o time com a força máxima de momento e perdeu jogando muito pior ainda do que na partida contra o América-MG. Então eu não acho que o Flamengo tropece e perca pontos apenas porque o Renato priorizou A ou B“, diz Mauro.

O Flamengo não pode vacilar na quarta-feira, o jogo mais importante é o de quarta-feira. O de ontem era importante sim, mas o de quarta é muito maior, é um passo para uma final, o Flamengo tem duas participações na final de Libertadores em toda a sua história, o Boca Juniors tem 11, o Penãrol dez, o São Paulo seis, o River Plate seis, o Palmeiras e o Grêmio têm cinco. O Flamengo não é um frequentador de final de Libertadores, tem uma história de vexames em competições da Conmebol, todos eles praticamente acumulados já nesse século“, completa.

O jornalista lembra que na partida diante do Grêmio, no Maracanã, anterior ao confronto com o Barcelona de Guayaquil, o Flamengo teve força máxima em campo e não conseguiu jogar bem, perdendo o duelo para o time gaúcho por 1 a 0. Uma eliminação para o time equatoriano na quarta-feira seria uma catástrofe na opinião de Mauro Cezar.

O Flamengo fez investimentos, montou um elenco forte e o time que estava em campo ontem tinha sim condições de ganhar do América-MG. Contra o Grêmio jogou com força máxima e perdeu, foi pior a atuação, então eu não acho que o Renato tenha errado desta vez. Ele tem sim que priorizar o jogo de quarta-feira. Um empate com o América-MG é ruim, uma eliminação para o Barcelona é uma tragédia, é uma desgraça, é o que de pior ponte acontecer“, afirma o jornalista.

O jogo de quarta-feira é um jogo enorme, é um jogo que pode ser histórico para o clube, que é chegar de novo à final de Libertadores, coisa que o Flamengo não tem no seu currículo em quantidade, tem duas participações e ficou 38 anos sem chegar lá, nem o time do Zico conseguiu chegar em duas finais em três anos“, conclui.

Flamengo, Mauro Cezar, Libertadores, Renato, Mengão

 Fonte: UOL Esporte