O técnico Rogério Ceni assumiu um grande compromisso no Flamengo. O técnico vinha do Fortaleza, onde vinha fazendo um bom trabalho, mas o nível de exigência era muito melhor. Ele não conseguiu fazer o Fla jogar um futebol de encher os olhos, mas foi suficiente para conquistar o titulo do Campeonato Brasileiro. Galvão Bueno, da Rede Globo, tratou de rasgar elogios ao treinador.

PUBLICIDADE

Veja também: Torcida do Flamengo critica o goleiro Hugo e exalta Cássio

Apesar do trabalho de Rogério Ceni, Galvão Bueno deixou claro que para ele, o grande diferencial d time campeão brasileiro foi o elenco: ”É um campeonato marcado pela tragédia da pandemia, mas também pelo VAR, pela modernidade, por uma surpresa atrás da outra. (…) O Flamengo ganhou com méritos, mas ganhou por ter um elenco bem superior aos outros”, disse Galvão.

Veja também: Patrick chora muito após titulo do Flamengo

Mesmo com o titulo, muita gente ainda critica o trabalho de Rogério Ceni no Flamengo. Porém, para Galvão, ele deve ficar tranquilo no cargo, sendo um nome que certamente irá treinar a Seleção Brasileira no futuro. Aliás, o narrador deixou claro que não o trocaria por Jorge Jesus.

PUBLICIDADE

Galvão fala de Ceni

Rogério pode dar mais como técnico, mas acho que ficou a marca dele. As mudanças que ele fez, quando ele se acalmou um pouco, achando o lugar do Diego, que está jogando muito bem. O meio-campo com Diego, Everton, Gerson e Arrascaeta é sensacional. (…) Rogério tem muito a crescer, consigo até vê-lo na seleção brasileira. Não trocaria ele pelo Jorge Jesus”, disse Galvão.

O Mengão agora se prepara para mais uma temporada. Sem férias, o clube já voltará a campo pela temporada 2021 na próxima terça-feira, em jogo válido pelo Campeonato Carioca.

 

 

 

 

 

PUBLICIDADE