Após viver momentos de desconfiança da torcida, Gustavo Henrique voltou a atuar bem e tem sido importante nas últimas partidas do Flamengo. Em entrevista a FlaTV, o zagueiro falou sobre ás estratégias utilizadas pelo time de Rogério Ceni para conseguir conquistar os resultados desejados. Segundo o defensor, é importante manter a pressão nos adversários, desta forma, diminui a confiança dos rivais.

PUBLICIDADE
Rogério ceni-treinador do flamengo

Rogério ceni-treinador do flamengo

PUBLICIDADE

A gente procura trabalhar bem a bola, rápido. O Gerson achou um grande passe, e teve a qualidade do Arrasca para encontrar o Gabriel de primeira, que teve a tranquilidade. Mas mesmo com esse primeiro gol, a gente continuou pressionando, porque não poderíamos vacilar em nenhum momento. É importante continuar (pressionando). O adversário sente. A confiança do adversário diminui, e é o que a gente quer, introduzir nosso futebol e tentar buscar a vitória“.

PUBLICIDADE

Muitos atribuem ás evolução de Gustavo Henrique nas últimas partidas a dupla de zaga formada por ele e Willian Arão, já que Rodrigo Caio segue lesionado e não deve atuar nos próximos jogos. Deste modo, Rogério Ceni resolveu utilizar o volante Arão como zagueiro e tem funcionado. No entanto, o camisa 2 pode ficar de fora da reta final do Brasileirão, por conta de um julgamento do STJD. Caso seja punido pela expulsão diante do Botafogo, ainda em 2020, o atleta vira um problema para Ceni.

Para o duelo diante do rival Vasco, na próxima quinta-feira (4), no Maracanã, ás 21h00 (horário de Brasília), o técnico Rogério Ceni deve manter Arão na zaga. A equipe atualmente se encontra na segunda colocação na tabela e tem 61 pontos somados, quatro atrás do líder Internacional. Cabe ressaltar que os clubes se enfrentam em confronto direto na 37ª rodada em um duelo que pode definir o campeão do Brasileirão.

LEIA MAIS SOBRE FLAMENGO

Flamengo é o primeiro em principais estatísticas do Brasileirão; Confira