O Flamengo se sagrou campeão brasileiro na última quinta-feira, em jogo duro diante do São Paulo. O time carioca conseguiu superar uma grande vantagem do Inter na ponta da tabela, assumindo a ponta do Brasileirão apenas na penúltima rodada da Série A. Campeão no meio da semana, os dirigentes do Flamengo pagaram uma promessa, andando 45 quilômetros a pé pelo Rio de Janeiro.

PUBLICIDADE

Os dirigentes do Fla bateram um papo com o Paparazzo Rubro-negro. Em uma conversa com Rodolfo Landim e Bruno Spindel, o Colorado acabou sendo provocado: ”Nosso santo das causas impossíveis, ajuda o Flamengo. Vim fazer essa promessa após três resultados que não esperávamos. Empatamos com o Fortaleza, perdemos para o Fluminense e Ceará. Nossas chances reduziram. Fiz essa promessa, comentei com o Bruno, que disse ‘estou nessa”, disse Landim.

PUBLICIDADE

Em seguida, Bruno Spindel provocou o time do Rio Grande do Sul: ”Tinha time que achava que era campeão. Negócio de cheirinho”, disse o dirigente.

PUBLICIDADE
@alexandrevidal1 / crf / diego ribas

@alexandrevidal1 / crf / diego ribas

O Internacional esteve na liderança do Brasileirão durante boa parte do campeonato. Após uma sequência de 9 vitórias seguidas, o Colorado disparou na tabela e assumiu a liderança. Entretanto, no fim da temporada, o time gaúcho acabou decepcionando os seus torcedores, perdendo jogos importantes e deixando o Rubro-negro assumir a primeira posição.

Após o titulo, o atacante Gabigol aproveitou para provocar Tiago Galhardo, do Interacional. O jogador mostrou um bom futebol pelo Colorado, entretanto, acabou provocado o Fla em uma certa oportunidade. Ele foi cutucado, porém, acabou acabou respondendo em uma entrevista ao Esporte Espetacular.

”brigado por terem lembrado de mim num dia tão especial pra vocês – disse o atacante do Inter, que terminou com a vice-artilharia do Brasileirão, ao lado de Marinho, do Santos, com 17 gols cada. Os artilheiros foram Luciano, do São Paulo, e Claudinho, do Bragantino, com 18 cada.”