Durante o ‘Bate-Bola’ da última terça-feira (9), o Jornalista, Felipe Facincani falou sobre a comparação entre o Flamengo de 2019, comandado pelo português, Jorge Jesus, e o Palmeiras atual, dirigido pelo compatriota do ‘Mister’, Abel Ferreira. Segundo Facincani, a comparação chega a ser covarde, visto que os técnicos assumiram suas respectivas equipes em momentos diferentes e, além disso, o elenco do time carioca da temporada passada era melhor do que o do Verdão de hoje.

PUBLICIDADE
Felipe facincani-jornalista

Felipe facincani-jornalista

PUBLICIDADE

É um comparativo covarde e até recalcado em alguns momentos. Acho sujo uma pessoa trabalhar o comparativo Jorge Jesus com Abel, porque, primeiro, o Jorge Jesus teve uma pré-temporada, e num ano completo, que não teve pandemia. E teve todo o início para consolidar um trabalho que terminou campeão da Libertadores“.

PUBLICIDADE

Segundo, o Jorge Jesus teve reforços melhores. Terceiro, o time, do 1 ao 11, do Flamengo de 2019, é melhor que o do Palmeiras. Sem contar a experiência do treinador. Cobrar desempenho de Abel Ferreira com Jorge Jesus, desculpa, é recalque, covardia e até maldade. Não dá nem para comparar“.

A era Jorge Jesus no Flamengo foi beirando a perfeição. Apesar de ter passado apenas uma temporada a frente do time carioca, o Mister, como era chamado pela nação flamenguista, é lembrado pela torcida rubro-negra como um dos maiores técnicos da história do clube. Prova do sucesso do português, é que ele saiu do time da Gávea com mais títulos conquistados do que derrotas. Foram sete torneios vencidos e apenas quatro derrotas.

LEIA MAIS SOBRE FLAMENGO

Após julgamento, STJD absolve Bruno Henrique de lance contra o Goiás na 11ª rodada

Flamengo terá volta de peças importantes para o duelo contra o Corinthians

Neto critica atuação de Ceni contra o Bragantino: “Não dá para o Flamengo”

Neto diz que quase vestiu a camisa do Flamengo: “Teria sido uma honra”

Romário parabeniza Gabigol após superar seu número de gols com a camisa do Flamengo