Assim como em 2009, o Flamengo tem um importante duelo diante do Corinthians na reta final de uma edição do Brasileirão. Naquela ocasião, paulistas e cariocas se enfrentaram no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, pela 37ª rodada. Assim como naquela edição, o rubro-negro encara o duelo contra o Timão como decisivo. Léo Moura, ídolo da nação, destacou semelhanças entre ás duas temporadas.

PUBLICIDADE
Léo moura-x-lateral do flamengo

Léo moura-x-lateral do flamengo

PUBLICIDADE

Em entrevista ao portal Coluna do Fla, Léo Moura relembrou os momentos que antecederam a partida, além disso, afirmou que os atletas do Flamengo, apesar de se tratar de um clássico de grandes proporções, estavam bastante tranquilos na ocasião.

PUBLICIDADE

“Estava tranquilo mesmo sendo um clássico” e completou que “o grupo estava muito confiante que se nós fizéssemos o papel de vencer, não dependeria de ninguém.”

Com a pandemia, o duelo que envolve ás duas maiores torcidas do país não contará com torcedores no estádio. Léo Moura fez questão de ressaltar a importância a nação flamenguista teve na conquista do sexto titulo nacional.

O Maracanã lotado (é inesquecível)! Não tinha mais como entrar ninguém! Foi uma coisa de louco!” afirmou Leonardo Moura.

Segundo Léo Moura, o elenco do Flamengo atual também está preparado para encarar a pressão dos momentos decisivos do Brasileirão.

O grupo é maduro o suficiente para entender o que é ganhar um título com a camisa do Flamengo. Eles sabem a responsabilidade. Não precisam de conselhos“.

O duelo contra o Corinthians será realizado na tarde deste domingo (14), ás 16h00 (horário de Brasília), no estádio do Maracanã (desta vez vazio). Caso vença o confronto, o time carioca jogará pressão para cima do Inter, que encara o Vasco da Gama do mesmo dia e horário.

LEIA MAIS SOBRE FLAMENGO

Inter planeja pagar multa de R$ 1 milhão para ter Rodinei contra o Flamengo

Ceni indica dupla de zaga que deve encarar o Corinthians com retorno de Rodrigo Caio