Os atuais campeões brasileiros desperdiçaram a chance assumir a liderança provisória do Brasileirão, após sair de Bragança Paulista com o resultado de 1 a 1, diante do Bragantino, na noite do último domingo (7). Neto, ex-jogador e atualmente apresentador do Grupo Bandeirantes, fez duras critica á forma como o técnico da equipe, Rogério Ceni conduziu ás alterações do Flamengo.

PUBLICIDADE
Rogério ceni-treinador do time carioca

Rogério ceni-treinador do time carioca

PUBLICIDADE

O ídolo do Corinthians questionou a presença de Pedro, um dos jogadores em melhor fase na equipe, no banco de reservas até os minutos finais da partida. Além disso, Neto ainda relembrou ás eliminações do Ceni na Copa do Brasil, tanto pelo Flamengo quanto pelo Fortaleza.

PUBLICIDADE

Se eu fosse o Landim, o Marcos Braz, falava ‘Rogério, desculpa, gosto de você, mas você pode ficar aqui em Bragança, porque você não volta com a gente não’. O cara deixar o Pedro no banco, precisando ser campeão. Já perdeu a Copa do Brasil, e ele perdeu duas vezes, né, pelo Fortaleza e pelo Flamengo, para o mesmo adversário, ou seja, podia ter estudado melhor o São Paulo. Ai coloca aos 42 do segundo tempo, o Pedro, que quase faz um golaço de letra se não fosse o goleiro. Tá pensando o quê?”, disse Neto, que ainda prosseguiu:

O Rogério acha que é mais importante que o Flamengo? Tira o Gerson aos 42… Desculpa Rogério, não dá para o Flamengo. Perder a oportunidade de ganhar o jogo, que poderia ter ganho, porque o Bragantino não jogou bem no primeiro tempo. Eu mandaria embora“, completou.

Com o empate na última partida, o Flamengo chegou aos 65 pontos na tabela, apenas um atrás do Internacional. Cabe lembrar que o Inter ainda não jogou na rodada e pode abrir quatro pontos em relação ao atual campeão brasileiro. Caso o time colorado não vença o Sport, na próxima quarta-feira (10), os cariocas ainda dependerão apenas de suas próprias forças para levantar a taça novamente, visto que ás equipes tem um duelo direto na 37ª rodada.

LEIA MAIS 

Neto diz que quase vestiu a camisa do Flamengo: “Teria sido uma honra”